28 de nov de 2012

De 07 a 09 de Dezembro, Boqueirão recebe CINE SESI



Dias 07, 08 e 09 de dezembro -, o projeto Cine SESI Cultural estará em Boqueirão (PB), na Rua da Independência, na Praça do Centro Turístico (Praça da ABES)


Na próxima semana – 07, 08 e 09 de dezembro -, o projeto Cine SESI Cultural estará em Boqueirão (PB), na Rua da Independência, na Praça do Centro Turístico (Praça da ABES), para exibir filme de graça para a população. Em sua primeira temporada em Pernambuco e Paraíba, o Cine SESI já reuniu 83.150 pessoas, em 25 cidades visitadas. Nesses municípios, foram exibidos filmes de longa metragem e documentários, em áreas ao ar livre, sempre com projeções de alto padrão de qualidade técnica e de conteúdo.

Patrocinado pelo SESI e idealizado pela publicitária Lina Rosa Vieira, o projeto é o maior e mais importante do País em sua área. Nunca uma iniciativa deste tipo conseguiu permanecer tanto tempo na estrada ou reunir um público tão numeroso. Em todas as cidades, o Cine SESI conta com uma estrutura que inclui tela gigante de cinema, 500 cadeiras para acomodar a população e pipoca de graça para o público. O projeto ficará por três dias em cada cidade, sempre com projeção de dois filmes - um curta e um longa-metragem. “O projeto estimula a reabertura ou abertura das salas de projeção no interior do país”, afirma Lina Rosa.

CONHEÇAM OS FILMES:

ENROLADOS
Uma história muito divertida e que nunca fora contada corretamente. Quando Flynn Rider, o bandido mais procurado e encantador do reino, então ele se esconde em uma misteriosa torre, e acaba sendo feito refém por Rapunzel, uma bela e esperta adolescente com 21 metros de cabelo., e acabam se tornando uma bela dupla, A dupla improvável parte em uma fuga repleta de ação e muita diversão ao lado de um cavalo policial, um camaleão super protetor e um bando de criminosos beberrões. O filme Enrolados vai contar uma história de aventura cheia de romance, humor e muito cabelo.

EU E MEU GUARDA-CHUVA
Na última noite de férias, três amigos - Eugênio, sempre unido ao guarda-chuva herdado do avô, Frida e Cebola - embarcam em uma aventura mágica ao visitar sua nova escola. Um barão, que deveria permanecer em um antigo quadro na parede, ganha vida e comprova sua fama de “terror dos alunos”. Salas e corredores viram o palco de uma fuga repleta de ação que leva a viagens a lugares desconhecidos e ao encontro com personagens inusitados e divertidos.

O PALHAÇO
Benjamim (Selton Mello) trabalha no Circo Esperança junto com seu pai Valdemar (Paulo José). Juntos, eles formam a dupla de palhaços Pangaré & Puro Sangue e fazem a alegria da plateia. Mas a vida anda sem graça para Benjamin, que passa por uma crise existencial e assim, volta e meia, pensa em abandonar Lola (Giselle Mota), a mulher que cospe fogo, os irmãos Lorotta (Álamo Facó e Hossen Minussi), Dona Zaira (Teuda Bara) e o resto dos amigos da trupe. Seu pai e amigos lamentam o que está acontecendo com o companheiro, mas entendem que ele precisa encontrar seu caminho, a sua identidade. Quando chega a hora da partida, a tristeza visita os amigos da diversão e de concreto mesmo, só a certeza de que o mundo dá voltas, redondo com o picadeiro.

TYGER: CURTA-METRAGEM
Um enorme tigre aparece misteriosamente numa grande cidade. Ele vai revelar a realidade escondida numa noite que poderia ter sido como qualquer outra.

VIDA MARIA
Maria José, uma menina de 5 anos de idade, é levada a largar os estudos para trabalhar. Enquanto trabalha, ela cresce, casa, tem filhos, envelhece.

ATÉ O SOL RAIÁ
Até o sol raiá é um conto de fantasia e de celebração ao imaginário nordestino. Personagens criados por um artesão em barro ganham vida própria e agitam uma pacata vila sertaneja numa noite de festa. Animado em 3D, o curta-metragem funde a tradição do artesanato em barro com o cangaço, numa referência a dois ícones da cultura do Nordeste.

Fonte: http://www.cinesesi.com.br/programacao/22/paraiba

Aulão Motiva / ABES em imagens








22 de nov de 2012

Aulão Vest UEPB 2013


haverá sorteios de brindes


Em uma promoção junto ao Colégio Motiva, a ABES realizará no dia 25 de novembro de 08h às 12h, o primeiro aulão Revisão de Linguagem para o Vestibular da UEPB 2013. O aulão faz parte do projeto Teia do Aprender e acontece no CEFAR.

13 de nov de 2012

Corrigindo alguns ditados populares


O professor de Língua Portuguesa, Pasquale Cipro Neto, corrige alguns ditados populares usados de forma errada.

“HOJE É DOMINGO PÉ DE CACHIMBO”… e eu ficava imaginando como seria um pé de cachimbo, quando o correto é: HOJE É DOMINGO PEDE CACHIMBO… Domingo é um dia especial para relaxar e fumar um cachimbo ao invés do tradicional cigarro (para aqueles que fumam, naturalmente…).

No popular se diz: “Esse menino não pára quieto, parece que tem bichocarpinteiro”. Minha grande dúvida na infância… Mas que bicho é esse que é carpinteiro, um bicho pode ser carpinteiro?
Correto: “Esse menino não pára quieto, parece que tem bicho no corpo inteiro”. Tá aí a resposta para meu dilema de infância! EU NÃO SABIA. E VOCÊ?

“Batatinha quando nasce, esparrama pelo chão”. Enquanto o correto é: “Batatinha quando nasce, espalha a rama pelo chão”. Se a batata é uma raiz, ou seja, nasce enterrada, como ela se esparrama pelo chão se ela está embaixo dele?

“Cor de burro quando foge”. O correto é: “Corro de burro quando foge!”. Esse foi o pior de todos! Burro muda de cor quando foge? Qual cor ele fica? Porque ele muda de cor?

Outro que no popular todo mundo erra: “Quem tem boca vai a Roma”. Bom, esse eu entendia, de um modo errado, mas entendia! Pensava que quem sabia se comunicar ia a qualquer lugar! O correto é: “Quem tem boca vaia Roma”. (isso mesmo, do verbo vaiar).

Outro que todo mundo diz errado, “Cuspido e escarrado” – quando alguém quer dizer que é muito parecido com outra pessoa. O correto é: “Esculpido em Carrara”. (Carrara é um tipo de mármore).

Mais um famoso… “Quem não tem cão, caça com gato”. Entendia também, errado, mas entendia! Se não tem o cão para ajudar na caça o gato ajuda! Tudo bem que o gato só faz o que quer, mas vai que o bicho tá de bom humor! O correto é: “Quem não tem cão, caça como gato”, ou seja, sozinho!

9 de nov de 2012

ABES é contemplada no Projeto Ponto de Leitura PB



A Paraíba acaba de ganhar oficialmente mais 10 pontos de leitura. Os projetos contemplados pela Ação Pontos de Leitura/Programa Mais Cultura foram publicados no Diário Oficial do Estado da quarta-feira (31). 

A Secretaria de Estado da Cultura (Secult) divulgou os projetos selecionados, compostos por 60% de pessoa jurídica e 40% de pessoa física. A seleção foi definida por uma Comissão Tripartite, formada por um representante do Ministério da Cultura, um do Governo do Estado e um da sociedade civil, indicado pelo Conselho Estadual de Cultura.

De acordo com o gerente operacional de Pesquisa Cultural da Secult e presidente da Comissão Programa Mais Cultura, Rosildo Oliveira, o Programa Mais Cultura – Edital Pontos de Leitura da Paraíba foi lançado oficialmente em 20 de novembro de 2010 e habilitou 25 Pontos de Leitura. Destes, dez pontos seriam selecionados posteriormente, distribuídos em duas categorias: 60% para pessoas jurídicas e 40% para pessoa física, em conformidade com o edital de seleção Nº 002/2010, de 30/06/2010.

“O secretário de Cultura, Chico César, juntamente com a Secretaria de Estado da Educação, conseguiu a articulação desta verba, que já estava destinada para o edital, porém foi dotada em gestão anterior. Felizmente, conseguimos que a verba fosse destinada para o edital”, explicou Rosildo. A seleção dos dez pontos a serem contemplados foi realizada na atual gestão do Governo do Estado. O gerente informou também que a avaliação considerou impactos cultural e social do projeto, além de critérios como originalidade, diversidade, modelo de gestão, acessibilidade e territorialização.

De acordo com o edital, o prêmio servirá para o fortalecimento do ponto de leitura, aquisição de materiais para acervo, realização de atividades, entre outros. Os projetos selecionados terão o prazo de 30 dias, contados a partir do dia 5 de novembro de 2012, para enviar os documentos complementares, sob pena de serem desclassificados.

São eles:

Pessoa jurídica – 60%

01 – Palavra Piollin – João Pessoa
02 – Contadores de História – Boqueirão
03 – Leitura e Escrita que Transforma a Qualidade de Vida – Alagoinha
04 – Instituto Casa do Sol – Queimadas
05 – Fundação Menino de Engenho – Pilar
06 – Instituto Cultural Casa do Béradêro – Catolé do Rocha

Pessoa física – 40%

01 – Luiz Barbosa Neto – Pombal
02 – Josinaldo Francisco Pereira – Sapé
03 – Jefferson de Sousa Ramos – Carrapateira
04 – Thyago Braz Dantas – Bananeiras