13 de dez de 2009

Cariri em festa

Em 11/12/2009 às 12:16
Por Thomas Bruno Oliveira (http://www.ancomarcio.com/)

O Instituto Histórico e Geográphico do Cariry Parahybano, sodalício com sede no Solar dos Árabes, em São João do Cariri, está completando neste mês de dezembro seu 4º ano de fundação. A instituição reúne vários escritores, poetas, e outros intelectuais que possuem em comum a ardente paixão pelos ‘Cariris Velhos’.

No último sábado (05/XII/09), tivemos a Reunião Ordinária de 4º aniversário na ‘Villa Real de São João do Cariry’, com uma vasta programação. Além das clássicas execuções dos hinos Nacional, de São João do Cariri e da Padroeira Nossa Senhora dos Milagres (pela ‘Philarmônica Nossa Senhora dos Milagres’), tivemos a visita ao ‘Museum Regional do Cariry’ e no antigo colégio José Leal Ramos (atual clube da cidade) tivemos a formação da mesa e a recepção dos convidados. Estavam entre os presentes: Dom Genival Saraiva, Mário Araújo, Berilo Ramos Borba, Bismarck Martins de Oliveira, Balduíno Lélis, Marco di Aurélio, Profa. Lígia Pereira, Arnaldo Júnior Farias Doso, Rosa Maria do Nascimento (SEBRAE), Paulinho de Cabaceiras, dentre outras personalidades.

Destacamos a participação de nove membros da Associação Boqueirãoense de Escritores - ABES, que ao exibirem banners com suas poesias, ‘quebraram’ o protocolo da Reunião, levando todos os convidados a apreciar o mural de poesias. Foi notória a empolgação e admiração dos presentes àqueles escritos regionais, que através da rima exaltavam a áurea e o povo interiorano da Paraíba, buscando seus misteres mais singulares.

A ABES (http://abespb.blogspot.com), presidida pela poetisa Mirtes Waleska Sulpino, foi fundada em fevereiro de 2009 e vêm movimentando a vida poética da região através de concursos e eventos. Mirtes foi agraciada com o título de ‘Sócio Honorário’, o que para a poetisa representa: “ a grandeza que hoje a Associação tem em toda a região do Cariri Paraibano, levando a poesia a todos àqueles que acreditam que através da leitura, e conseqüentemente do conhecimento, é que se pode transformar o meio em que vivem”.

Mais +...
Com fotos de Malcy Negreiros

Poetisas Boqueirãoenses em Campina Grande


Na semana nacional da Violência contra a Mulher, (novembro/09) aconteceu no município de Campina Grande, na Praça da Bandeira um Sarau Poético encerrando a semana de atividades. As escritoras Mirtes Waleska Sulpino, Magna Vanuza Araújo e Shirley Vasconcelos participaram do Sarau que também contou com a presença da professora universitária e poetisa Almira Araújo e Dona Nildinha Gondim, poetisa e a mãe do prefeito Veneziano Vital.

.

8 de dez de 2009

SELETIVA PARA A I COLETÂNEA SÉCULO XXI


Inscrições de 15 de DEZEMBRO a 20 de JANEIRO de 2010

(Preferencialmente pela INTERNET ou pelos Correios)
Inscrições GRATUITAS

A PoeArt Editora de Volta Redonda RJ, institui a I Coletânea Século XXI (depois do sucesso das Antologias Poéticas de Diversos Autores, Vozes de Aço I, II, II, IV, V e do livro Cardápio Poético), para premiar autores de ambos os sexos, maiores de dezoito anos, amadores ou profissionais, somente residentes no país, na categoria: Poesia, em língua portuguesa, tendo como objetivo principal à descoberta de novos autores e o intercâmbio cultural entre os participantes.

.

3 de dez de 2009

Reconhecimento


Poetas Boqueirãoenses recebem o Título de Membro Honorário do INSTITUTO HISTÓRICO E GEOGRAPHICO DO CARIRY PARAHYBANO

No seu 4º aniversário de fundação o IHGC com uma vasta programação que acontece neste sábado (5) no município de São João do Cariri, os membros da Associação Boqueirãoense de Escritores receberão o título de membros honorários do Instituto.

(Alguns poetas: Maxwell Dantas, Magna Vanuza Araújo, Aparecida Farias, Shirley Vasconcelos, Mirtes Waleska Sulpino, Paula Francinete e Jane Luiz Gomes)

A ABES fundada em 28 de fevereiro de 2009 na cidade de Boqueirão, Cariri da Paraíba, vem promovendo várias atividades culturais tendo a literatura como agente transformador da formação social e cultural do cidadão, permitindo que o mesmo tenha outra visão do seu papel, incentivando-o a participar do processo sócio-cultural do país, começando pela sua própria cidade.

Para a Presidente da ABES, a Poetisa Mirtes Waleska Sulpino, “esse título demonstra a grandeza que hoje a Associação tem em toda a região do Cariri Paraibano, levando a poesia a todos àqueles que acreditam que através da leitura, e conseqüentemente do conhecimento, é que se pode transformar o meio em que vivem” .
.

1 de dez de 2009

O que é ler um livro?


Revista Capitu



'Entre o livro não-lido e o livro lido, existe uma gradação de formas com que se entra em contato com a história'. Essa é uma frase de Pierre Bayard, autor do livro Como Falar dos Livros que Não Lemos, destaque da Flip 2008. Capitu relembra essas ideias do autor para ampliá-las de várias formas. Vamos falar de imposições culturais, erudição forçada e a ignorância do modo pelo qual entramos em contato com livros — e, por extensão, com arte e conhecimento. O modelo que temos privilegia certa hipocrisia cultural, o fingimento acadêmico? Essa ideia será defendida por um artigo sobre o ‘preço’ de um currículo Lattes, E mais, mais ainda: alguns textos que escrevo, sob influência bayardiana, sobre autores que não conheço. E a abertura à sua participação. Escreva sobre autores que não tenha lido. Que 'não conheça'. Quem disse que não conhece?

.

30 de nov de 2009

ABES realiza oficina de Ilustração e de Cordel


Inseridas dentro do IV Balaio Cultural a ABES promoveu as oficinas de Cordel ministrada pelo Cordelista e Jornalista Rodrigo Apolinário, um dos idealizadores do site Cordel Campina; e a Oficina de Ilustração aplicada ao Texto Poético, ministrada por Flaw Mendes, Ilustrador e Professor de Literatura. As oficinas aconteceram no CRAS no dia 21 de novembro nos turnos manhã e tarde respectivamente.

Para quem participou das oficinas essa é uma iniciativa que deve ter continuidade, "pois em apenas um dia de aula não é possível aprender todo o conteúdo".

Quem tiver interesse pode acessar o conteudo das oficinas (Ilustração aplicada ao texto poético | Cordel) e da próxima vez participar.



oficina de Cordel com Rodrigo Apolinário


oficina de Ilustração com Flaw Mendes
.

Poesia e Artes Plásticas

Quem esteve na cidade de Boqueirão durante a quarta edição do Balaio Cultural pode prestigiar a Exposição de Artes Plásticas dos artistas boqueirãoenses, bem como a Parede Poética dos escritores da Associação Boqueirãoense de Escritores (ABES) que estava à disposição do público na Galeria Neuza Dunga anexa ao CEFAR.




Alunos do município visitando a Galeria com a Professora e Escritora Magna Vanuza
.

13 de nov de 2009

CORDEL EM BRAILLE


Oito títulos de folhetos de cordel, do Poeta Cabaceirense Paulo Sérgio Guimarães de Aguiar Campos, foram revertidos para o Sistema Braille pelo Centro de Integração e Apoio aos Deficientes Visuais e Auditivos-CIADEVA de Taboão da Serra, município do estado de São Paulo governado pelo médico, também, cabaceirense Evilásio Cavalcanti de Farias. A idealizadora do projeto foi a pedagoga Jurema Dantas que é diretora da retromencionada instituição.

(na foto: Paulinho de Cabaceiras, Zelito Nunes e Mirtes Waleska Sulpino no Encontro dos povos do Cariri em Out/2009)

Paulinho de Cabaceiras é o primeiro poeta paraibano e o segundo no Brasil a ter seus cordéis escritos em Braille, uma vez que a primeira edição de literatura de cordel em Braille no Brasil foi realizada no ano de 2005 em João Pessoa, reunindo dez títulos do escritor, poeta e cordelista pernambucano Marcos di Aurélio.

Os folhetos em Braille de Paulinho de Cabaceiras e de Marcos di Aurélio, são uma releitura de outros textos já publicados na versão tradicional, permitindo dessa forma que o deficiente visual tenha contato também com a nossa cultura popular.

Segundo Marcos di Aurélio, o Rei D. João V de Portugal no início do seu reinado lançou mão de uma lei Imperial, determinando que a venda de folhetos de cordel fosse exclusividade comercial para os cegos e mesmo havendo uma grita enorme dos livreiros da época, Sua Alteza não revogou o tal Decreto e mesmo depois da sua morte essa lei perdurou por mais de 100 anos em Portugal.

Reconhecendo que os cegos foram verdadeiros guardiões da referida literatura, Marcos di Aurélio resolveu verter para o Braille algumas das suas obras, devolvendo aos deficientes visuais uma vertente literária que através dos séculos fez parte de suas vidas, sendo agora acompanhado pelo poeta cabaceirense que é membro do Instituto Histórico e Geográphico do Cariry Parahybano, da Sociedade Brasileira de Estudos do Cangaço e Correspondente da Academia Mageense de Letras/RJ, no momento exercendo a função de Chefe da Divisão de Cultura da Prefeitura Municipal de Cabaceiras, de onde recebe apoio para a publicação dos seus trabalhos literários, através da Secretaria de Educação, Cultura e Desportos.

Do blog letrasquanticas.blogspot.com
.

12 de nov de 2009

Prêmio Literário Cidade Poesia


Em recente email recebido pela queridíssima Escritora e Diretora de Eventos da Associação de Escritores de Brangança Paulista (ASES), informando do Concurso Literário Prêmio Literário Cidade Poesia, para que seja divulgado em nosso espaço e entre os nossos Escritores Boqueirãoenses.

"Por oportuno, estou encaminhando regulamento, ficha de inscrição e autorização para publicação do Prêmio Literário Cidade Poesia que, solicito, se possível, divulgar entre os membros de sua associação".

As inscrições vão até o dia 30 de novembro com resultado previsto para o dia 22 de fevereiro de 2010.
.

III Sarau Parede Poética



Programação III Sarau Parede Poética
LOCAL: CEFAR | 22/11/2009 | 19h00

18 a 22/11 Exposição de Banners com as Poesias dos Poetas que fazem parte da ABES
(Local: anexo ao CEFAR)

Apresentação dos poetas da ABES (Associação Boqueirãoense de Escritores)
Participação Especial do Poeta Iponax Villa Nova
Apresentação: Rodrigo Apolinário

.

11 de nov de 2009

Bilhetes poéticos


Com uma caligrafia caprichada e uma letra miúda, o poeta Manoel de Barros prepara à mão um novo livro que promete ser sua obra-prima, coroando os quase 93 anos de tranquila trajetória.

A vitalidade do poeta Manoel de Barros é invejável. Próximo dos 93 anos (completa em dezembro) e apesar das dificuldades auditivas e de visão, ele escreve mais um livro. O teor ainda é um mistério mas, segundo sua primeira e mais fiel leitora, a mulher Stella, trata-se de sua obra-prima. "Manoel escreve à mão, como de hábito, com uma caligrafia muito particular", comenta Pascoal Soto, diretor editorial do Grupo Leya do Brasil, que contratou a obra do poeta mato-grossense - serão 17 títulos e esse inédito, a partir do próximo ano. "Quando recebo correspondência do Manoel, minha pulsação aumenta: são os originais de uma poesia inigualável."

A POESIA de Manol de Barros

Mundo Pequeno
(do livro "O Livro das Ignorãças")

I
O mundo meu é pequeno, Senhor.
Tem um rio e um pouco de árvores.
Nossa casa foi feita de costas para o rio.
Formigas recortam roseiras da avó.
Nos fundos do quintal há um menino e suas latas maravilhosas.
Todas as coisas deste lugar já estão comprometidas com aves.
Aqui, se o horizonte enrubesce um pouco,
os besouros pensam que estão no incêndio.
Quando o rio está começando um peixe,
Ele me coisa
Ele me rã
Ele me árvore.
De tarde um velho tocará sua flauta para inverter
os ocasos.

.

Doe um Livro a ABES



Se você é escritor ou leitor e navegando por esse mundão virtual nos encontrou, ajude a ampliar a nossa Biblioteca Infanto-Juvenil nos doando um livro. Entre em contato por email: escritoresabes@gmail.com.

Conheça o nosso Projeto









* Alunos da Escola Criativa da Mônica participando do Projeto Contadores de Histórias na ABES
.
ABES
Associação Boqueirãoense de Escritores
Rua da Independência - Centro Turístico
Boqueirão - Paraíba
.

9 de nov de 2009

A cultura popular através do Cordel



Artigo interessante extraído do site Cordel Campina para uso exclusivo de pesquisas escolares.

Leitura Abre Portas


Cordel Online

A Rede Globo Nordeste em parceria com o Governo de Pernambuco lançou um concurso literário, onde o participante cria online o seu cordel; o melhor autor ganhará um notebook e a sua história contada em um comercial de TV. Interessante! Infelizmente só é para escritores de até 17 anos de idade.
Lembrando que as inscrições vão até o dia 17 de novembro. Acesse o regulamento no link abaixo e concorra!



3 de nov de 2009

Festival Sertanejo de Poesia - FESERP





O FESERP Festival Sertanejo de Poesia, prêmio Augusto dos Anjos realizado pela - Acauã Produções Culturais na cidade de Aparecida PB, chega a sua XV edição neste ano. São quinze anos de muita poesia e um enorme intercâmbio cultural que envolve todos os Estados brasileiros e chega até a países como o Japão, Alemanha e Portugal. 

Este ano o evento conta com o apoio do Ministério da Cultura através do programa Mais Cultura, resultado da seleção do edital de pequenos eventos culturais e as inscrições vão até 15 de novembro do corrente.

De acordo com o regulamento do festival, poderão se inscrever no certame, todos os poetas, de todas as regiões de qualquer país, independentes de estilo, gênero ou nacionalidade, que concorrerão em absoluta igualdade, sendo que as poesias deverão ser escritas em língua portuguesa, inéditas e originais. (ver regulamento no blog: www.apcfeserp.zip.net).
.

30 de out de 2009

Dica de Leitura

Eita Gota!



Paraibano de Monteiro, Efigênio Moura, lança o livro “Eita Gota! – Uma viagem paraibana” .

Eita Gota! (uma viagem paraibana) conta a estória de Das Neves, monteirense da Rua dos Pereiros que leva seu neto para pagar uma promessa na Basílica de Nossa Senhora das Neves em João Pessoa. A subida da ladeira da Borborema parece ser a única complicação em que Das Neves e seu neto se metem, mas é na volta, dentro de uma veraneio 73, irregular como o motorista ‘Seu Agripino’ e junto a mais 4 passageiros que todas as situações de quem já viajou em transporte alternativo acontecem.
.

Conheçam os poemas da Exposição Parede Poética




"Novos Poetas do Cariri Paraibano" segue em exposição


A Exposição Parede Poética "Novos Poetas do Cariri Paraibano" está sendo o maior sucesso. Além da exposição ter permanecido no Sesc Centro de 13 a 23 de Outubro, no dia 24 participou do Encontro dos Povos do Cariri em São João do Cariri. No mês de novembro estará participando de amostras pedagógicas em escolas de Campina Grande.

Quando as datas estiverem confirmadas, informo aqui no Blog. Por enquanto, os trabalhos podem ser apreciados na sede da ABES.




  

  
.

29 de out de 2009

Sábado (31/10) | Reunião Ordinária


CONVITE

Avisamos a todos os membros associados da ABES que sábado (31) teremos reunião à partir das 19h00. Será a oportunidade para fazermos uma avaliação dos últimos eventos realizados que foram a Parede Poética no SESC Centro e em São João do Cariri neste mês de outubro, e ainda, questões referentes ao Balaio Cultural que será realizado de 18 a 22 de novembro onde a ABES terá uma importante participação. Na oportunidade também estaremos falando acerca da assiduidade dos sócios.

Compareça, sua participação é muito importante para o nosso fortalecimento.

Mirtes Waleska Sulpino
Presidente ABES
.

XIX Concurso Nacional José Cândido de Carvalho - Campos (CONTOS)


XIX Concurso Nacional José Cândido de Carvalho - Campos (CONTOS)

Prazo de inscrição: 15 de novembro de 2009.
Categoria: contos
Tema: livre
Máximo de obras: até 3 trabalhos
Premiação: R$ 3000,00 (1º lugar); R$ 2500,00 (2º lugar); R$ 2000,00 (3º lugar); R$ 1500,00 (4º lugar); R$ 1000,00 (5º lugar)
Divulgação do resultado: 23 de novembro

Leia o Regulamento

23 de out de 2009

Escritores Boqueirãoenses lançam livro em Encontro

Versos Expressos e Eu de mim relançados no Cariri Paraibano



As Escritoras Jane Luiz Gomes e Mirtes Waleska Sulpino lançarão neste sábado (24) os seus livros de poesias no Encontro dos Povos do Cariri. Os livros "O eu de mim" e "Versos Expressos: Poesias e Etc" foram lançados no dia 08 de março na cidade de Boqueirão. Desta vez, as autoras farão o lançamento à nível de cariri.
.

1ª Coletânea Poesias e Letras

Inscrições Prorrogadas até o dia 15 de novembro | Participe

1ª Coletânea Poesias e Letras


Data Limite para Inscrição: 30/10/2009 prorrogada para o dia 15/11
Local de Realização: Brasil
Fonte: Garganta da Serpente

Leia o Regulamento e Participe

Exposição "Novos Poetas do Cariri Paraibano"


Escritores boqueirãoenses expõem no SESC Centro em Campina Grande


Com temas sociais, como meio ambiente, sociedade, morte, menor de rua, lixo, mulheres e escasses da água, os escritores que fazem parte da ABES levaram os seus trabalhos expostos em painéis à cidade de Campina Grande, de 13 a 23 de outubro.

Com um número expressivo de visitas, a exposição "Novos Poetas do Cariri Paraibano", reflete o trabalho destes escritores já reconhecido em toda a Paraíba.

Esta exposição também participará no Encontro dos Povos do Cariri em São João do Cariri no dia 24 de outubro, onde além da exposição, as escritoras Mirtes Waleska Sulpino estará lançando seu livro de poesia Versos Expressos: Poesias e Etc juntamente com a escritora Jane Luiz Gomes que apresentará "O eu de mim". Neste dia, acontece vários lançamentos de livros de autores do cariri paraibano.

Veja mais fotos aqui

Desfile Cívico homenageia a ABES


Escritores e Artistas Plásticas são homenageados por escolas municipais


Em comemoração aos 50 anos de Emancipação Política do município de Boqueirão, a prefeitura municipal através da Secretaria de Educação e Cultura realizou o desfile cívico do dia 7 de setembro mostrando as potencialidades da nossa cidade.

As belezas naturais, o turismo, o artesanato, a cultura, os mestres, os escritores, enfim todos que contribuíram nesses cinquenta anos para o engrandecimento do nosso município foram destaques.

A ABES não poderia ter ficado de fora, e participou tendo um pelotão da Escola Padrão homenageando todos os escritores, filhos de Boqueirão.


22 de out de 2009

Exposição de Artes Plásticas


ABES
"Valorizando a arte e a cultura dos filhos de Boqueirão"
Aconteceu de 27 a 31 de julho a exposição de telas de artistas plásticos boqueirãoenses. O objetivo era levar ao conhecimento de toda a comunidade o talento de tantos pintores que existem em nossa cidade.

São trabalhos belíssimos que merecem o reconhecimento de todos. Atrelada a esta exposição, também realizamos a parede poética, com painéis de poesias dos escritores da ABES, abordando temas com questões sociais, como meio ambiente, o lixo, a mulher, a criança de rua, a morte e a sociedade. Essa parede poética faz parte do projeto "Novos Poetas do Cariri Paraibano".


(tela do artista plástico Francisco Sérgio (83) 9315-3970)


(tela da artista plástica Soraya Medeiros)

I Mostra de Cinema "Curta ABES"


O evento foi realizado nos dias 27, 28 e 29 de Julho onde foram exibidos filmes que abordaram temas como o preconceito, crenças e gravidez na adolescência.

27/07
Tema: Todo mundo pode fazer cinema, inclusive você!
Fimes: Malassombrado e Um Santo Francisco no Sertão
Convidado: Rômulo Azevedo (Jornalista e Cineasta)

28/07
Tema: (Pré)conceito
Filmes: Café com Leite e Amanda e Monike
Convidado: Herry Cherriery (Bacharel em Direito e Antropólogo)

29/07
Tema: Adolescência: um tema bom para debate!
Filmes: Gravidez na adolescência e Os jovens de Pilões
Convidado: Glauco Machado (Antropólogo)

Cineasta Rômulo Azevedo (Diretor de Jornalismo da TV Itararê - Campina Grande)
.

21 de Julho - Sarau da Amizade

No dia da amizade, 21 de Julho, a ABES promovou o Sarau da Amizade, evento que reuniu todos os escritores que fazem parte da associação e também os integrantes do Projeto Rondon que estavam em visita a nossa cidade.