29 de jan de 2010

Mais presentes em forma de LIVROS

Dessa vez a ABES teve a honra de receber os livros da escritora ROSEANA MURRAY. Sabe quem ela é?

Nasceu no Rio de Janeiro em 1950. Graduou-se em Literatura e Lingua Francesa em 1973 (Universidade de Nancy/ Aliança Francesa).

Publicou seu primeiro livro infantil em 1980 (Fardo de Carinho, ed. Murinho, R.J). Em 2007 tem mais de 50 livros publicados. Tem dois livros traduzidos no México (Casas, ed. Formato e Três Velhinhas tão velhinhas, ed. Miguilim/ Ibeppe) . Seus poemas estão em antologias na Espanha. Tem poemas traduzidos em seis linguas ( in Um Deus para 2000, Juan Arias, ed. Desclée e Maria, esta grande desconhecida, Juan Arias, ed. Maeva.).

Recebeu o Prêmio O Melhor de Poesia da FNLIJ nos anos 1986 (Fruta no Ponto, ed. FTD), 1994 (Tantos Medos e Outras Coragens, ed. FTD) e 1997 (Receitas de Olhar, ed. FTD).

Vejam os presentes:

  

Quem quiser conhecer mais sobre a escritora é só acessar:
.

26 de jan de 2010

Campina Grande realiza I Encontro de Literatura Contemporânea:



foto retirada da internet

Mais um grande evento voltado a Literatura acontece no mês de fevereiro, durante o 19º Encontro da Nova Consciência em Campina Grande. Organizado pelo Núcleo Literário da Revista Blecaute, o encontro promete abrir espaço para debater questões voltadas a lieratura contemporânea.

I Encontro de Literatura Contemporânea:
Identidades, Militâncias e a Nova Consciência.
14 e 15 de Fevereiro de 2010
SESC Centro - Campina Grande

Objetivos
• Criar um espaço de discussão voltado para a literatura contemporânea;
• Estimular o debate sobre a relação entre a literatura e o despertar de uma nova consciência;
• Apresentar ao público questões relacionadas às identidades e militâncias na literatura contemporânea;
• Debater as principais características das produções literárias na primeira década do século XXI.

Organização:
Bruno Gaudêncio
Janailson Macêdo Luiz
João Matias de Oliveira
NÚCLEO LITERÁRIO BLECAUTE
.

16 de jan de 2010

II Concurso Literário - Prêmio Cactos de Poesia Regional 2010


 
I – DO EVENTO E SEUS OBJETIVOS:
 
Em virtude da realização da 1ª Feira Literária de Boqueirão – FLIBO 2010, a ABES lança o II Concurso Literário – Prêmio Cactos de Poesia Regional 2010
 
Art. 1º O II Concurso Literário, é uma realização da ABES – Associação Boqueirãoense de Escritores e será realizado na cidade de Boqueirão – PB, no período de 16 de Janeiro a 12 de fevereiro de 2010.
 
Art. 2º Poderão inscrever-se no II Concurso Literário – Prêmio Cactos de Poesia Regional 2010 todos os poetas, residentes no Estado da Paraíba; exceto os POETAS QUE FAZEM PARTE DA DIRETORIA E DO CONSELHO DE ÉTICA DA ABES.
 
Art. 3º As obras devem ser exclusivas no idioma português, sendo inéditas e originais.
 
Art. 4º O Tema é Livre e não será cobrada taxa de inscrição e, também, não será oferecida premiação em dinheiro.
 
Art. 5º O II Concurso Literário – Prêmio Cactos de Poesia Regional 2010 tem como objetivos:
a) A promoção dos poetas, favorecendo o intercâmbio de idéias na busca de espaços para divulgação dos mesmos;
b) Fomentar a discussão entre artistas e população, criando espaços para manifestações entre educadores e educandos, para um maior crescimento cultural;
c) Descobrir novos talentos da poesia Paraibana.
 
II – DAS INSCRIÇÕES:
 
Art. 6º As Inscrições serão feitas na Secretaria de Cultura e Turismo (SECULT) Rua Nossa Senhora do Desterro, 658, Bairro Novo, CEP: 58450-000, Boqueirão/PB, II Concurso Literário – Prêmio Cactos de Poesia Regional 2010, A/C Mirtes Waleska Sulpino. Valendo como data de entrega o carimbo dos correios; e in loco até o encerramento (12/02/2010) impreterivelmente até às 14h.
 
§ 1º - As inscrições poderão ser feitas, PESSOALMENTE, VIA CORREIOS E AINDA POR EMAIL: flibo2010@gmail.com;
§ 2º - O período de inscrição será de 16 de janeiro a 12 de fevereiro de 2010.
 
Art. 7º A formalização das inscrições se processará mediante a entrega das poesias datilografadas em espaço dois ou digitadas em espaço simples (Word), em quatro vias acompanhadas da identificação do autor (Nome, endereço completo, telefone, e-mail e um breve currículo).
 
§ 1º Nas cópias da poesia não deverão constar os nomes dos autores, apenas o nome da obra, a identificação deverá ser feita em folha, à parte e anexada a obra.
§ 2º - Cada poeta poderá inscrever apenas uma poesia e a mesma não poderá conter mais que duas laudas (páginas).
§ 3º - Para as inscrições feitas via internet o texto deve vir acompanhado da identificação do autor (Nome, endereço completo, telefone, e-mail e um breve currículo).
 
Art. 8º Os promotores do evento não se obrigam a devolver o material utilizado para as inscrições, ficando os mesmos na guarda da Comissão Permanente da FLIBO para posterior reprodução em livro.
 
Art. 9º O ato da inscrição implica automaticamente na aceitação integral por parte dos concorrentes dos termos deste Regulamento.
 
III – DO JULGAMENTO:
 
Art. 10 O Julgamento das obras será feita por uma comissão formada por quatro jurados de reconhecida experiência comprovada na cultura regional, que atribuirão notas de 0 a 10 ao material inscrito, sendo sua decisão soberana, não cabendo qualquer manifestação contrária.
 
PARÁGRAFO ÚNICO – Em caso de empates entre os três primeiros colocados o desempate se dará pela nota do 1º jurado, persistindo o empate os jurados serão contactados para atribuírem novas notas aos referidos trabalhos.
 
IV – DA PREMIAÇÃO:
 
Art. 11 A premiação do II Concurso Literário – Prêmio Cactos de Poesia Regional 2010 acontecerá no dia 20 de março de 2010, a partir das 19h30, no Centro de Formação Artística de Boqueirão (CEFAR), Boqueirão, PB, dentro da FLIBO 2010.
 
Art. 12 Os cinco primeiros colocados no II Concurso Literário – Prêmio Cactos de Poesia Regional 2010, receberão o Troféu Cactos de Poesia Regional 2010.
 
Art. 13 As poesias melhores colocadas farão parte do livro ANTOLOGIA POÉTICA do II Concurso Literário – Prêmio Cactos de Poesia, que será lançado posteriormente pela ABES.
 
Art. 14 Todos os participantes receberão certificado de participação independente da Classificação.
 
Art. 15 Os casos omissos a este regulamento serão resolvidos pela Comissão Organizadora.
 
Boqueirão – PB, Janeiro de 2010
Comissão Organizadora
ABES
 
Mais informações:

Mirtes Waleska Sulpino
(83) 9132-7970
Comissão Organizadora
.

ABES recebe visita do Escritor Efigênio Moura


O Escritor Efigênio Moura esteve ontem no município de Boqueirão para doar o livro Eita Gota! Uma viagem fantástica, para a Biblioteca Pública Municipal e na ocasião visitou a Associação Boqueirãoense de Escritores (ABES), onde foi recebido pela presidente Mirtes Waleska Sulpino, vice-presidente Jane Luiz Gomes e Maria Aparecida de Farias, Secretária da ABES. Na Secretaria de Educação, foi recebido pelo professor Kléber Brito representando o secretário.

Efigênio parabenizou pela iniciativa da Associação em realizar a I Feira Literária de Boqueirão e ainda confirmou presença para lançar a Segunda Edição do seu livro.

A FLIBO acontece de 18 a 21 de março de 2010 em comemoração ao primeiro ano de fundação da ABES.
.

14 de jan de 2010

Feira Literária de Boqueirão

De 18 a 21 de março, a comunidade literária se reúne em Boqueirão



.

Presente Literário

Em nossa estante também tem "Cinema". Este é o título do livro de Herculano Neto que é poeta, ficcionista, cronista e letrista de música popular. Em 2007 recontou o disco TRANSA, de Caetano Veloso pelo Mojobooks e teve seus poemas publicados pela REVISTA CULT. Possui canções gravadas por artistas como Raimundo Fagner, Alcione e Roberto Mendes. Teve o livro de poemas, CINEMA, publicado pela Fundação Casa de Jorge Amado através do Prêmio Braskem de Cultura e Arte. Autor do blog "Por que você faz Poema".

costas nuas
(Herculano Neto)
o longo vermelho
frente única
não esconde a tristeza
da moça que retoca a maquiagem
.


.

12 de jan de 2010

EDITORIAL

EDITORIAL
Que venha 2010!

Final de ano, momento de balanço, de retrospectivas e de projeção de metas. Ao mesmo tempo, momento de agradecimentos pelas tantas parcerias que permitiram à ABES cumprir seus principais objetivos neste (quase) primeiro ano de VIDA.

Na retrospectiva das ações desenvolvidas para alcançar o objetivo maior de divulgar a literatura e os escritores locais, podemos citar o cumprimento de uma série de atividades desenvolvidas pela ABES desde 28 de fevereiro, quando da sua fundação, como: o I Concurso Literário “Boqueirão, minha cidade”; O “De Repente Poesia”, realizado no São João da Feira; a conquista da SEDE da Associação, localizada no Centro do Artesanato e Turismo; Exibição de curtas-metragens com debates, exibidos na Praça da ABES (Independência); A Exposição “Os novos Poetas do Cariri Paraibano”; Projeto Contadores de Histórias; Exposição de Artes Plásticas e Poesia; O III Sarau Parede Poética dentro do IV Balaio Cultural e as oficinas de Cordel e Ilustração aplicada ao texto poético... E ainda, as nossas reuniões mensais. Haja Fôlego!

Além disso, destacamos aqui, o importante trabalho que os professores das escolas municipais e estaduais vem realizando junto aos seus alunos no que concerne em levar os textos dos escritores boqueirãoenses para serem trabalhados em sala de aula.

O balanço positivo inclui também a satisfação pelo reconhecimento da ABES nos seus dez meses de fundação, sendo hoje referencia cultural na nossa região.

E que venha 2010, com novos projetos e novos ESCRITORES.

Mirtes Waleska Sulpino
Presidente da ABES
Dezembro de 2009
.

Do poeta para os poetas


Um encontro inusitado, porém prazeroso aconteceu entre o Escritor Damião Cavalcanti e os membros da ABES que estavam participando da II Conferencia Estadual de Cultura realizada em Dezembro no município de Campina Grande. Até um mini Sarau foi improvisado. Na ocasião, o poeta e também Presidente do Conselho Estadual de Cultura e do IPHAEP (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico do Estado da Paraíba) fez a doação do Seu Livro de poesias "Ausência do Tempo".

O Livro de Poemas "Ausência do Tempo" pode ser encontrado na Biblioteca da ABES.

BANHO
Se eu fosse água,
Daria teu banho,
Dos pés à cabeça,
Da cabeça aos pés...

Entraria em ti toda,
Em todos espaços,
Hidratando o enxuto
Até o regaço...

Vestiria teu corpo
Com pele molhada,
Enxugaria teu dorso
Com a língua toalha...

.

Mais Livros



Nessas férias, aproveite para ler um livro. A cada dia a nossa Biblioteca tem se ampliado com diversas doações feitas por amigos escritores. Conheçam as mais novas aquisições:

Eita Gota!
Uma viagem fantástica
 
O livro Êita Gota, de Efigênio Moura, acabou de ter sua segunda edição lançada para todo o país. O exemplar mostra com um linguajar típico do matuto do interior, uma viagem dentro de um automóvel Veraneio Sorvendo, quando havia tempo, as belezas mais simples do agreste e Cariri paraibano. Nesta 2ª edição o Êita Gota tem a participação de Zelito Nunes.

Súmulas do Valor da Vida - Contos

Doação feita pelo próprio escritor, Membro da Academia de Letras de Tijucas, no final de dezembro de 2009. O livro pode ser encontrado na Biblioteca da ABES.

O escritor Lázaro Marback D’Oliveira estréia contos inéditos neste livro. A temática que une as narrativas é apresentada sob o viés de uma subjetividade primitiva a provocar o senso analítico do leitor, fazendo-o meditar se o fundamento dos acontecimentos está estancado nos modos meigos ou ríspidos como acontecem; e se seus significados extinguem-se após a fugaz vida do ser humano.
.

Doação de Livros


"Quem lê tem humor, quem lê tem alegria, quem lê viaja, vê o mundo diferente"
(Marcos Rey)

A ABES recentemente recebeu a doação de alguns livros do Escritor Marcos Rey, Cronista, Roteirista e Romancista. Um dos maiores autores da Literatura Infanto-Juvenil Brasileira.

Os livros foram doados pela sua viúva Palma Bevilacqua, que mantém vivo o legado do autor, administrando e divulgando suas obras; e podem ser encontrados na Biblioteca da ABES.

Quem quiser saber mais sobre o escritor e suas obras, basta acessar o site http://www.marcosrey.com.br/home.htm.


Bem-vindos ao RIO
2005

Uma viagem ao Rio de Janeiro pode virar um pesadelo?

É o que acontece com Cláudio e Pat, logo que chegam à Cidade Maravilhosa. Você vai conhecer um lado violento da cidade brasileira, acompanhando a aventura eletrizante dos dois jovens, vítimas de uma quadrilha formada por adolescentes, em Bem-vindos ao Rio, um livro emocionante de Marcos Rey.
 
  Soy Loco por ti America

Neste livro o grande personagem é a cidade de São Paulo, cenário da luta implacável pela sobrevivência, envolvendo malandros e solitários, notívagos e angustiados, cada um se virando como pode, em busca de um trocado, de um instante de simpatia, de sexo barato. Uma fauna humana meio grotesca, que o escritor trata com ironia, irreverência, humor cáustico, segundo ele "a melhor forma de apresentar uma crítica". Crítica impiedosa da sociedade moderna, com a sua filosofia de consumismo, o egoísmo implacável, a alienação generalizada, o desespero do mundo noturno, com seus bares e inferninhos, garotas de programa, marginais e desesperados de todos os tipos. A noite é o horário preferido pelos heróis de Marcos Rey para saírem da toca e se revelarem. Mas a gente do dia também é fascinante. Qualquer hora é hora para um personagem de conto sobressair quando quem escreve tem as artes, artimanhas e astúcias de Marcos Rey.
.