23 de nov de 2011

FLIBO no Circuito Nacional de Feiras de Livros


Com o objetivo de promover a literatura e trazer o autor para a mediação direta com o leitor, a feira vem ganhando destaque não apenas na Paraíba, mas, em todo o Brasil. Em sua segunda edição, a FLIBO (Feira Literária de Boqueirão) entrou para o Calendário Anual de Feiras Literárias realizadas em todo o Brasil. Realizada pela Associação Boqueirãoense de Escritores e Prefeitura Municipal de Boqueirão, a FLIBO já está nos preparativos para a próxima edição a realizar-se em março de 2012.

O Circuito Nacional de Feiras de Livros é um calendário das feiras de livros realizadas anualmente no País. São eventos para promover os livros, a literatura e a leitura organizados por governos estaduais, prefeituras, entidades de editores e livreiros, ONGs, empresas, escolas e outros parceiros.

Ao organizar e sistematizar um calendário anual – uma antiga demanda dos organizadores de feiras, expositores, escritores e promotores da leitura – o Circuito Nacional de Feiras de Livros vai permitir melhor planejamento, integração de programação cultural e maior participação das cadeias produtiva e criativa do livro e todos aqueles que atuam para formar leitores e desenvolver a leitura no Brasil.

Para apoiar as feiras do livro existentes e estimular a criação de novas pelo interior do Brasil, principalmente em pequenas e médias cidades, a Fundação Biblioteca Nacional e o Ministério da Cultura criaram um programa para apoiar esses eventos.

O calendário das feiras é sistematizado pela Fundação Biblioteca Nacional, por meio de sua Diretoria do Livro, Leitura, Literatura e Bibliotecas, e Câmara Brasileira do Livro (CBL). O Circuito Nacional de Feiras de Livro tem o apoio das entidades do livro – Sindicato Nacional de Editores de Livros (SNEL), Liga Brasileira de Editoras (LIBRE) , Associação Nacional de Livrarias (ANL), Associação Brasileira de Difusão do Livro (ABDL), Associação Brasileira das Editoras Universitários (ABEU), Câmara Rio- Grandense do Livro e as câmaras regionais, que realizam ou apóiam boa parte desses eventos pelo país afora.


16 de nov de 2011

"...Dentro do sonho há poesia..."


"Dentro do sonho há poesia" é o nome da exposição dos Novos Escritores do Cariri Paraibano que estará em exibição durante os cinco dias do 5º Balaio Cultural de Boqueirão, que acontece de 16 a 20 de novembro, no Centro de Formação Artística de Boqueirão (CEFAR).

A exposição reúne poemas dos escritores da Associação Boqueirãoense de Escritores (ABES), Jane Luiz Gomes, Mirtes Waleska Sulpino, Magna Vanuza Araújo, Shirley Vasconcelos, Aparecida Farias, Gelda Moura, Maxwell F. Dantas e Malcy Negreiros; os poemas são expostos em forma de banners. Amor, sensualidade, perda e sonhos são alguns dos temas dos poemas. A ABES foi fundada em fevereiro de 2009 e desde então vem mudando o cenário poético do Cariri Paraibano.









15 de nov de 2011

CIRCUITO LITERÁRIO


Acontece no Balaio Cultural nos dias 17 e 18 de novembro de 2011 (quinta e sexta-feira).

Como dizem os próprios escritores: “Escrever é um ato solitário”. A leitura também é, quase sempre, uma viagem íntima e silenciosa. O texto literário requer do leitor, sensibilidade, pois pretende introduzi-lo numa viagem fantástica onde – quase – tudo é possível. Assim, a Literatura é vista não como ciência, mas como exercício de sensibilidade.

O projeto CIRCUITO LITERÁRIO propõe aproximar autor e leitor, para um bate-papo informal sobre o livro e a paixão de ler. “Alimenta trocas, instiga a criatividade, estimula quem escreve e quem lê”, demonstrando que todos os caminhos para a Literatura são válidos. O importante é segui-los!

Em meio a apresentações Teatrais, Espetáculos de Dança, de Música, a Literatura ganha um vasto espaço neste quinto Balaio Cultural, que acontece de 16 a 20 de novembro. Serão dois dias destinados às Letras, 17 e 18, com palestras, lançamentos literários, saraus e parede poética.

Escritores e críticos de reconhecido mérito cultural compõe o corpo de palestrantes que estarão presentes no CIRCUITO LITERÁRIO, com curadoria da poetisa Mirtes Waleska Sulpino e mediados pelo poeta, historiador e jornalista Bruno Gaudêncio.

DATA: 16/11
Local: CEFAR
19h - Abertura da exposição "...dentro do sonho há poesia" da ABES, composta de 10 painéis.

DATA: 17/11
Local: Câmara Municipal

14h-15h
Mesa 1: Quando a Literatura transforma...
Com: Lau Siqueira (PB/RS) e André Ricardo Aguiar (PB)
Lançamento Literário

15h-16h
Mesa 2: O papel das revistas culturais na Paraíba
Com: Laryssa Almeida (Revista Barriguda | PB)
Lançamento Literário

DATA: 18/11
Local: Câmara Municipal

14h-15h
Mesa 1: Senhores do destino – recompor biografias e dar voz ao passado: pesquisa e ficcionalização da história.
Com: Samarone Lima (PE)
Lançamento Literário

15h-16h
Mesa 2: O Teatro em Lourdes Ramalho
Com: Adeilson Sousa (PB) e Chico Oliveira (PB)

PALESTRANTES

SAMARONE LIMA é natural do Crato, Ceará. É recifense desde 1987. É autor dos livros Zé (1998), Clamor (2003), Estuário (2005) e Viagem ao crepúsculo (2009). Trabalha como assessor de imprensa do secretário do Governo do Estado de Pernambuco, o escritor Ariano Suassuna. Está concluindo um livro sobre as aulas-espetáculo de Ariano, que ao mesmo tempo é uma viagem à origem do autor de A Pedra do Reino e Auto da Compadecida como professor de estética e defensor da cultura brasileira. Samarone também revisa seu primeiro livro de poesias, sua grande paixão literária. Escreve semanalmente crônicas em seu blog: www.estuario.com.br.

LAU SIQUEIRA Poeta gaúcho radicado na Paraíba (João Pessoa). Autor dos seguintes livros de poemas: O Comício das Veias (Idéia, 1993), O Guardador de Sorrisos (Trema, 1998), Sem Meias Palavras (Idéia, 2002) e Texto Sentido (Bagaço, 2007). Diretor adjunto da FUNJOPE - Fundação Cultural de João Pessoa. Tem vários poemas publicados nos principais sites e blogs de literatura do país. Edita o blog: http://poesia-sim-poesia.blogspot.com/.

ANDRÉ RICARDO AGUIAR Natural de Itabaiana/PB, (1969) Publicou A flor em construção (1992); Alvenaria (Prêmio Novos Autores Paraibanos, 1997); de literatura infanto-juvenil: O rato que roeu o rei (2007) e Pequenas reinações (2007). Colaborador assíduo do Correio das Artes, tem trabalhos publicados na revista Poesia Sempre, Blocos (RJ), em antologias e jornais locais. Edita os blogues Fábula Portátil e Engrenagem. Atualmente é Diretor da Divisão de Literatura da FUNJOPE.

LARYSSA MAYARA ALVES DE ALMEIDA, acadêmica do Curso de Direito da Universidade Estadual da Paraíba; Membro fundador e Editora-Chefe da Revista Científica e Cultural “A Barriguda”.

Balaio Cultural de Boqueirão, edição 2011



Mais um espetáculo se aproxima. 

Abram as cortinas. Acendam as luzes. O Balaio chegou e veio trazendo música, dança, teatro, poesia e sonhos. Muitos sonhos! Sonhos de todos os artistas que veem o palco como parte de si, como algo fundamental à sua própria existência. Onde o ser e estar se confundem quando o espetáculo começa e a plateia silencia em respeito a Cultura.
Cultura que desperta os adormecidos, que traz luz aos que andam na escuridão e se perdem no "lugar comum", no "medo de ousar", no "medo de sorrir". 
O Balaio Cultural de Boqueirão chega a sua quinta edição, e se consolida como um dos maiores eventos culturais da Paraíba, com mais de 50 atrações e seis estados envolvidos nessa verdadeira empreitada cultural, que acontece de 16 a 20 de novembro. 
Venha banhar-se de cultura na "Cidade das Águas" e encher os olhos e a alma de poesia. Poesia em forma de arte, arte em forma de sonhos. Sonhos que se tornaram realidade e hoje se concretizam através da realização da quinta edição do Balaio Cultural de Boqueirão.
Parabéns a todos os idealizadores desse projeto. Erasmo Rafael da Costa, secretário de cultura e Carlos José Castro Marques, prefeito de Boqueirão e ao grande entusiasta da nossa cultura, Dunga Jr.

Mirtes Waleska Sulpino
Presidente da ABES