4 de fev de 2012

A folha e a vida

por Maria Aparecida de Farias


Quando vejo uma folha saída da segurança do galho ou do tronco, sendo levada pelo vento para ser livre, quero imitá-la. Vejo que naquele instante ela, a folha, busca outros caminhos porque ali, já cumpriu a sua missão.
Sinto necessidade de ser assim! Quero ser assim. Porque acredito que a caminhada do ser humano aqui neste planeta deve se assemelhar a esta ação: sempre que sentir que está com a missão cumprida, precisa sair em busca de outras realizações, de outros caminhos, de outras venturas ou aventuras... Mas sempre fazer a vida acontecer.
Caso contrário, correrá o grande risco de se degenerar, morrer. Portanto, coragem! Mexa-se! Liberte-se desta inércia! Não tenha medo de ser semelhante a uma folha livre do tronco, até porque a liberdade da folha é um processo natural, a nossa também pode ser. Busque a liberdade e experimente como é bom viver!

Um comentário:

Magna Vanuza disse...

ótima reflexão. Viver é sempre a melhor escolha.
...Liberdade, liberdade abre as asas sobre nós... (Dudu Nobre)
Parabéns Aparecida!